top of page
  • Foto do escritorTânia d'Arc

RozeMeire dos Reis


RozeMeire dos Reis

RozeMeire dos Reis é formada em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná, com pós-graduação em Gestão. Gosta de psicanálise e muitos de seus textos refletem as especificidades e fragilidades humanas. Participou de um edital da Fundação Cultural de Curitiba, sendo uma das finalistas do "Projeto Literatura", com o clipoema "Sonhos", edital 063/2021. É colaboradora em letras de músicas com o músico Fábio Raesh.

 

Alguns poemas da autora


Narciso envelhecido


No decurso de um tempo,

Um menino indeciso

Mira o homem que há de vir.

Seguro, maduro...


Esgotado das fantasias

Que não soldam

Os vãos da vida como ela é.

Olhando para dentro de si...

Vê Narciso angustiado.

Vaidades e sorrisos envelhecidos

Entre o menino e o homem,

Perdido no tempo

Que pensava parado.


O tempo corre como rio entre pedras.

Corre, Narciso!

A vida não espera.





Outros espelhos


É no bom e no mau encontro

Das palavras, das imagens

Da vida, das pessoas e das fatalidades

Que descolo os traços

De uma velha identidade

Destruo máscaras que revelam e escondem

Um eu cambaleante

Entre dias de uma sobrevida paralisante

E outros, de uma vida muito pulsante!


Forjo uma nova infância

Liberto potências desviadas

Canto, rio, experimento

Pinto livros com palavras

Com cores que eu não conhecia

Bailo nas bordas de mim mesma

Uma dança assustada e desajeitada

De meus eus infantes

Extravaso este múltiplo ser

Iluminado por outros espelhos

Que a vida, por sorte, comporta

Para poder, enfim, se expandir

Apesar de meus genes tortos





O amor é um criptograma


O amor pode ser voo

E, também,

Uma prisão

Com promessas de libertação.

Sonhos acalentados

Delírios acorrentados

Alimentam o entretenimento,

As bolsas das cartomantes

E as conversas no balcão.

O amor é um criptograma

Do seio materno à (ah!) primeira cama!


 

Livros

Depurando as paixões em palavras derramadas (Íthala, 2011)

Passarela (Marianas Edições, 2021)

Wande Reis - memórias e histórias (Donizela, 2022)

 

Coautoria

Ce que je vois de ma fenêtre - O que vejo da minha janela (Corps Puce, 2012)

Poética poesia... Mistério de amor e magia (Clube de Autores, 2014)

Nove meandros (Donizela, 2023)

1a. Folia literária da mulher parnanguara (Anadara brasiliana Edições, 2023)

 

Saiba mais sobre RozeMeire dos Reis

(canal Senhora Literatura, de Francine Cruz)

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page